sábado, 28 de dezembro de 2013

Extraordinário

sábado, 28 de dezembro de 2013

Sinopse - Extraordinário - R. J. Palacio (Skoob)
August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.


Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor. 
Extraordinário - R. J. Palacio

Está certo que até hoje eu não li muitos livros, mas esse sem dúvidas está entre os meus favoritos. Não era um livro que eu tinha intenção de ler. Minha irmã como é grande fã do livro me deu um de presente. O livro se tornou meu companheiro de insônia. Li ele moderadamente - para não acabar logo -  durante minhas madrugadas. O livro é super divertido e bonito. indico a todos. Minha parte favorita foi a história sendo narrada pelo o amigo do August, o Jack Will. É um daqueles livros que certamente vou reler daqui a alguns anos. A leitura é muito leve e com capítulos curtos, isso faz que você entre em um ritmo gostoso de leitura. 

Mas agora vou ler algum livro que tenha "sangue". Antes desse livro eu li A Menina Que Não Sabia Ler, que eu gostei MUITO também, mas não fiz post porque na época estava meio triste e cheio de problemas. Mas agora que minha vida está mais tranqüila e feliz, prometo compartilhar mais coisas.

Um abraço para vocês e para o Gabriel do futuro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gabriel's Journal © 2014