sábado, 14 de dezembro de 2013

The Hobbit.

sábado, 14 de dezembro de 2013
Ontem assisti o tão esperado segundo filme do Hobbit.  Conheci ele (O Hobbit) naquela momento da minha vida onde comecei a ler livros. Sendo assim assisti o primeiro filme, li o livro e ontem assisti o segundo filme. Na comparação livro/filme liguei o meu modo "não me importo". Porque se eu ficar tentando comparar filme com livros vou deixar de curtir um ou outro. Estou encarando essas experiência como duas coisas diferentes.
Me sinto privilegiado por conhecer a história sendo contada de duas maneiras. Mas de longe acho o livro muito mais interessante em todos os sentidos. Apesar de ter amado os efeitos em 3D e todas as cenas de ação do filme, achei o filme em geral cansativo. 
Não venha me dizer que você também não achou! Aquela parte da  cidade sobre as águas é muito longa e desnecessária. Sem contar aquele triângulo amoroso. Por qual motivo todo filme atual tem que ter um triângulo amoroso? Seria a "crepusculalização" do cinema? Um dos motivos de ter achado o filme chato é que ele não tem começo e nem fim. Ok, eu gosto de continuações que começam do termino do filme anterior. Mas esse filme não resolveu nada. Por que cargos d'águas O Hobbit foi dividido em 3 filmes? Só espero que o próximo filme não tenha 2:30 de duração. Não tem tanta coisa para contar assim. 
Das partes que mais amei estão a luta dos barris e a luta com Smaug! Convenhamos que ambas as partes foram mais divertidas no filme que no livro. Eu nunca vi um 3D tão "real" em toda a minha vida. Me senti muito dentro do filme. Principalmente quando a câmera mergulhava no rio. Aplause!
A única coisa que senti falta mesmo foi a apresentação de Beorn igual a do livro. Por motivo que é muito mais divertida. Eu lembro que eu li a apresentação dele com um grande sorriso no rosto quando estava com o livro na mão. Um personagem tão interessante passou batido no filme. Ao contrário do Bard quem nem precisava de tanto destaque assim. No livro a participação dele é mínima. Importante? Sim, mas mínima. 
Opa! Lá estou eu comparando livro/filme. Juro que parei! Só posso dizer que estou mais ansioso pela primeira parte de A Esperança do que a terceira parte de O Hobbit para ver no cinema em 2014.

• Atualizando dia 23 de Dezembro •
Só passei para dizer que achei o filme uma BOSTA. Bejão.
Cansativo e sem coerência. Paguei R$:23:00 nessa porcaria. Raiva!
• Atualizando dia 23 de Dezembro •

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gabriel's Journal © 2014