terça-feira, 21 de outubro de 2014

O Oceano No Fim Do Caminho.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

No começo do mês enquanto passeava pela livraria com a minha irmã ela me mostrou esse livro espantada. "Olha só como esse livro é pequeno, Gabriel. É aquele que todo mundo da internet fala." Eu falei que tinha curiosidade e ela me deu de presente. Sempre vou ser grato por Júlia me dar presentes sem datas comemorativas. 
Já estava lendo a  quatro dias  e terminei agora. Tenho uma meta de ler 50 páginas por dia. Mesmo se o livro for muito interessante eu seguro a minha meta para poder ter sempre algo para ler. Assim sobra tempo para ver as milhões de series que eu acompanho, desenhar e fazer as minhas outras coisas.

Como sempre fugi de spoilers e de qualquer coisa relacionado ao livro. Comecei a ler e fui envolvido. Estava amando o livro até que... TEM FANTASMAS. Já era tarde demais. Quem me conhece sabe que eu morro de medo de tudo relacionado "ao outro mundo". Pensei em abandonar o livro. Mas como poderia abandonar o livro sendo que ele estava tão interessante? Então continuei e ler. Fui me envolvendo na história e a cada página que virava dava um sorriso de satisfação por não ter abandonado o livro.

A história é maravilhosa e envolvente. É fantasia. Não é coisa "daquele que não mencionamos". O universo do livro é enorme. O livro é do tamanho certo., sem enrolações. A história vai evoluindo e te levando junto com ela. Tudo o que eu temia estava ali. Não sei dizer se eram bruxas ou fantasmas... Era um universo novo. Um livro que eu leria para os meus filhos. Apaixonante. Assustador e fofo ao mesmo tempo.

Só depois de dias que notei que já tinha lido outro livro (Coraline) desse autor. Claro que me despertou interesse em ler outros livros dele. Adoro o modo como ele escreve historias de terror para crianças.

Obrigado, Júlia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gabriel's Journal © 2014