quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

De 3 em 3 horas.

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Esse foi um ano de vitórias na minha vida. A maior delas foi conseguir mudar o meu corpo. Eu estava muito receoso em fazer esse post e mostrar esse video (fim do post). Porque quando eu era gordo me sentia mal em ver todo mundo emagrecendo e eu continuando da mesma forma. Mas a minha modificação já inspirou tantas pessoas. Então resolvi dividir essa minha vitória.

Depois de muito "Na segunda eu começo" resolvi começar em janeiro. Li em algum lugar que você precisa repetir uma coisa por 30 dias para ela se tornar um hábito. Então resolvi "sacrificar" o meu janeiro. Não pensei que chegaria tão longe. 

Mudei radicalmente o meu modo de vida. Sem mais pães de sal e refrigerante. Cortei as saídas com os amigos para as hamburguerias. Agora eu tinha me tornado uma pessoa saudável. Foi difícil porque nunca fui cercado por pessoas preocupadas com a alimentação. Minha família sempre foi toda gorda. Desde muito cedo substituíamos o jantar por  hambúrguer. Mas foi colocando na minha cabeça que eu deveria mudar por mim mesmo que consegui forças para continuar.

Toda vez que um convite surgia (aniversários e festas) eu pensava "vou perder a desse ano, mas ano que vem vou estar feliz comigo mesmo". Um ano passa voando! É muito mais fácil se privar de algumas coisas durante um ano do que ficar enrolando em regimes eternos que duram um mês.

Eu não era feliz, amigos. Apesar de estar sempre sorrindo eu era triste por dentro. Não encontrava roupas do meu tamanho... passava mal ao caminhar... me sentava com medo em cadeiras... tinha vergonha de sair de casa... tinha vergonha de ser eu mesmo. Eu tinha vergonha até de me ver comendo. As loucuras com a comida passavam do limite. E não é porque comia muito, mas eu comia mal. Só comia fast food e doces. Bendito seja o feijão e arroz.


Hoje em dia minha cabeça mudou. Não vejo tanta a necessidade de descontar minha ansiedade na comida. Hoje desconto nos exercícios físicos. A diferença é que no final eu me sinto feliz. Ando de bicicleta, corro e faço musculação (ainda sem resultado mas estamos trabalhando nisso) com muito prazer. Agora posso entrar em uma loja e escolher a roupa que eu gosto, sentar em qualquer cadeira de plástico e ser feliz comigo mesmo. 

Sem perceber (só percebi lá pelo meio) durante esse ano fui registrando na webcam do meu computador todo meu processo de emagrecimento. No final não tinham muitas fotos porque estava tão contente sendo feliz lá fora de casa que esqueci de registrar.



Qual é o segredo? Me passa sua dieta? O que você fez?

Eu fiz o que todo mundo já está careca de saber. Combinei exercícios físicos com alimentação. Comendo de 3 em 3 horas e queimando mais calorias do que ingerindo. Não comecei sendo um maratonista, claro. Os primeiros meses foram super difíceis. Uma briga comigo mesmo. Passava mal e vomitava em público. Mas não desisti. A balança não poderia me derrotar. Se eu consegui engordar tudo aquilo também conseguiria emagrecer. E emagreci!


O meu corpo ainda está em mudança. Meu metabolismo está acelerado fazendo que eu tenha que maneirar nos exercícios aeróbicos. Tenho excesso de pele. Não terminei de modificar o meu corpo ainda. Nesse próximo ano estou muito determinado a me dedicar a academia (se tudo der certo) e ficar "musculoso". Porque preciso ganhar massa magra! Será um pouco difícil porque não consigo colocar proteína (carne) na minha alimentação. Espero conseguir.

Não é só o corpo que muda. A mente muda mais que o corpo. Me sinto mais confiante! Hoje em dia até dirijo meu carro. Me sinto mais seguro como artista e profissional. Fiz até minha primeira exposição. Os projetos para o ano que vem são inúmeros. Agora os quilos não são mais uma barreira. Estou leve para voar e seguir meus sonhos (Opa! Outra frase clichê. Vou parar o post por aqui.)!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gabriel's Journal © 2014